igoospel

Globo e ex-pastor são condenados a pagar indenização a Edir Macedo

No dia 15/4, a Editora Globo e o ex-pastor Gustavo Alves Rocha foram condenados pela Justiça a pagar uma indenização por danos morais ao Bis...

No dia 15/4, a Editora Globo e o ex-pastor Gustavo Alves Rocha foram condenados pela Justiça a pagar uma indenização por danos morais ao Bispo Edir Macedo no valor de R$113,5 mil, em decorrência das injúrias, difamações e calúnias de uma reportagem publicada pela revista Época.


A publicação de 21/9/2009 (sim, quase 11 anos atrás) estampou a farsa, onde o ex-pastor alegava que teria aprendido como “extorquir o povo, tirar dinheiro dos fiéis e a depositá-lo em contas no exterior”. Apesar das acusações sem provas, a revista deu grande espaço ao dissidente da igreja em suas páginas. Seria apenas mais uma de inúmeras vezes que o Grupo Globo usou de seu poder de comunicação para atacar a Universal usando de mentiras e calúnias. Onze anos depois, porém, a Justiça finalmente expõe o abuso do veículo.

A Editora Globo argumentou no processo que a “liberdade de imprensa é protegida pela Constituição Federal”, e que as acusações não foram feitas pela revista Época, mas sim pelo ex-pastor. Contudo, o juiz de Direito Rodrigo Coelho Rodrigues, da Justiça de Santa Catarina – onde tramita o processo –, afirmou na sentença que a reportagem não é “simples notícia, entrando no campo do abuso, o que não pode ser tolerado”.

O magistrado reprovou desde o título da matéria que, segundo ele, “em letras garrafais, sugere a prática de crimes”.

“Não bastasse o título, todo o corpo da reportagem conta a história do ex-pastor de modo a apresentar o autor [Bispo Macedo] como o grande chefe da organização (...) Absolutamente todo o texto insinua e associa a figura dele à prática de diversos crimes, além de condutas moralmente duvidosas, o que sem dúvida extrapola o direito à liberdade de imprensa, utilizado de forma abusiva, ultrapassando o mero campo da informação”, explicou o juiz em sua decisão.

Como tanto Gustavo quanto a Globo não tiveram como sustentar no Judiciário as agressões e mentiras da reportagem, foram condenados a indenizar o Bispo Macedo. O valor estipulado, corrigido com juros desde a publicação da reportagem (2009), totaliza aproximadamente R$ 113,5 mil nesta data.

De acordo com a decisão judicial, a Editora Globo e o ex-pastor terão de pagar a indenização conjuntamente. Por decisão do Bispo Edir Macedo, o valor será dirigido às obras sociais da Universal.

por R7

Relacionados

TV 4936981450824469420

Postar um comentário

emo-but-icon

ECONOMIZA PLAY - CUPONS DE DESCONTO, OFERTAS INCRÍVEIS, MILHÕES DE PRODUTOS E OS MENORES PREÇOS.

ECONOMIZA CODE: 36529034

Disponível no Google Play

Curta!

Videos

Profecia de 2013 fala sobre a Pandemia do coronavírus

Receba Notícias no seu email

item