Notícias - Entretenimento - Chat - Esporte - Videos

Dissidentes seguem detidos em Cuba, denuncia oposição

>> quinta-feira, 29 de março de 2012

Alguns dissidentes cubanos, dos 150 detidos preventivamente para impedir protestos durante a visita do Papa Bento XVI à Ilha, permaneciam "sob prisão" nesta quinta-feira, denunciou um opositor à AFP.

"De uma forma ou outra foram detidos mais de 150 dissidentes. Esta manhã (de quinta-feira) alguns ainda estavam presos", disse Elizardo Sánchez, que dirige a Comissão Cubana de Direitos Humanos e Reconciliação Nacional, que é ilegal, mas tolerada pelo governo comunista.

"O governo traçou um cenário sob o signo das ''centenas'' para a visita do Papa: centenas de dissidentes foram detidos para que não assistissem às missas de Bento XVI. Centenas foram submetidos à prisão domiciliar com a mesma finalidade. Centenas de telefones fixos e celulares de dissidentes foram desconectados", disse Sánchez em um e-mail enviado à AFP.

A presidente das Damas de Branco, Berta Soler, revelou à AFP que foi detida na quarta-feira durante 16 horas com seu marido, o ex-preso político Angel Moya, para que não assistissem à missa papal na Praça da Revolução de Havana.

Depois de visitar o México, Bento XVI ficou pouco mais de 48 horas em Cuba, na primeira visita de um Papa desde a de João Pablo II em 1998, que marcou o degelo nas relações entre a Igreja e o regime castrista.

informações de AFP

0 comentários:

Postar um comentário

/ Shopping

/ Notícias

Brasil Esporte
Internacional Economia
Política tecnologia
Cidades Polêmicos

/ Entretenimento

Blogs Música
Curiosidades Esporte
Artigos Bíblia online
Cifras Estudos

/ Serviços

Facebook Envie sua Notícia
Twitter Anúncie
Orkut Eventos
Celular Serviços
© 2008-2013 iGoospel.com - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Magnoweb








Receber todas as atualizações através do Facebook. Basta curtir nossa FanPage.