igoospel

Sarney chama Dilma de ”sacerdotisa”

Em meio à crescente pressão sobre o governo Dilma Rousseff, o ex-presidente José Sarney saiu em defesa da presidente e disse que o impeac...

Em meio à crescente pressão sobre o governo Dilma Rousseff, o ex-presidente José Sarney saiu em defesa da presidente e disse que o impeachment reivindicado por parte da sociedade "não tem nenhum sentido".

"Isso não tem nenhum sentido. É apenas uma reminiscência do impeachment do Collor. Mas isso (o impeachment) não ocorre de nenhuma maneira com a presidente Dilma", afirmou Sarney, em entrevista exclusiva à BBC Brasil.

"Pelo contrário, (Dilma) é uma pessoa que tem feito um esforço extraordinário na Presidência e ao mesmo tempo é uma sacerdotisa do serviço público, porque ela é uma mulher que tem tido um trabalho imenso e tem se dedicado de corpo e alma a sua tarefa", completou.


Collor, o primeiro presidente eleito por votação direta após a ditadura militar, em 1989, renunciou três anos depois, pressionado diante de denúncias de corrupção que o implicavam diretamente.

No caso de Dilma, não há provas ou indícios concretos de que ela tenha se envolvido diretamente em algum crime. No entanto, o escândalo de corrupção da Petrobras e o fraco desempenho da economia têm levado ao descontentamento da população com a presidente, cuja popularidade atingiu seu nível mais baixo em fevereiro – apenas 23% de aprovação, segundo o Datafolha.

Nesse contexto, segmentos da sociedade vêm defendendo seu impeachment. O ex-presidente se comparou a Dilma ao afirmar que ambos governaram em momentos complicados, diferentemente de Lula (2003-2010) e Juscelino Kubitschek (1956-1961), que presidiram o país em tempos de expansão da economia mundial.

Entre 2003 e 2007, o crescimento global esteve acima da média histórica e, embora Lula tenha pegado o estouro da crise mundial em 2008, seus efeitos foram sentidos mais longamente no governo de sua sucessora.

"Eu ouvi uma vez do Helmut Schmidt, que foi chanceler da Alemanha (1974-1982) e um homem extraordinário, me dizer que ninguém escolhe o tempo que governa. Ela está governando em tempos difíceis, como também aconteceram no tempo que eu governei."

O governo Sarney foi marcado pela instabilidade política, devido a um temor sobre a possibilidade de retorno dos militares ao poder, e pela crise econômica, com hiperinflação e aumento do endividamento do país.

O maranhense deixou o governo com baixa popularidade também devido a escândalos de corrupção, como as acusações de distribuição irregular de recursos federais para municípios (o que teria favorecido especialmente aliados e a cidade natal de Sarney, Pinheiro, no Maranhão).

As acusações levaram à instalação da CPI da Corrupção, que foi concluída com a aprovação de uma relatório pedindo o impeachment de Sarney. O pedido, porém, foi arquivado pelo então presidente da Câmara, Inocêncio Oliveira.

inf/Terra

Relacionados

Política 1921064303268978352

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta!

Videos

Davi Sacer - Venha o Teu Reino (Clipe Oficial)

item