igoospel

Israel enfrenta palestinos na fronteira com Síria e Líbano

Centenas de palestinos da Síria atravessaram neste domingo a fronteira do país com as Colinas de Golã, ocupadas por Israel desde 1967, o que...

Centenas de palestinos da Síria atravessaram neste domingo a fronteira do país com as Colinas de Golã, ocupadas por Israel desde 1967, o que provocou a reação armada das forças de segurança israelenses no local, deixando pelo menos quatro mortos e cerca de 20 feridos (até o fim da manhã no Brasil). O avanço dos sírios acontece no "Dia da Catástrofe", ou "Nakba", quando os palestinos lembram o exílio e o trauma que representou para eles a criação do Estado de Israel em 1948.

O incidente aconteceu perto do povoado druso de Majdal Shams, nas Colinas de Golã. "Forças do Exército israelense identificaram vários cidadãos sírios que tentavam cortar a cerca de segurança na fronteira entre Israel e Síria, e responderam com tiros de advertência", disse um porta-voz militar de Israel.
De acordo com a emissora árabe Al Arabiya, quatro pessoas morreram pelos tiros dos militares israelenses, mas esse número não foi confirmado por fontes oficiais de Israel. Testemunhas disseram à rádio pública israelense que havia helicópteros de combate e fumaça no local.

Centenas de milhares de pessoas realizam manifestações neste domingo em Israel, na Faixa de Gaza, na Cisjordânia e em Jerusalém Oriental, além de países vizinhos como Síria, Egito, Líbano e Jordânia, para exigir o direito de retorno dos refugiados palestinos e o fim da ocupação israelense.

Líbano
Na fronteira com o Líbano também houve tiroteio e confusão. Pelo menos quatro pessoas morreram e 30 ficaram feridas por disparos de soldados israelenses contra refugiados palestinos e libaneses. O tiroteio aconteceu em Maroun al-Ras, onde milhares de pessoas se concentraram por ocasião do Dia da Nakba.

Segundo a imprensa libanesa, os soldados israelenses começaram a atirar contra os refugiados palestinos e cidadãos libaneses, a maioria composta por jovens, que tinham se aproximado da chamada "linha azul", marcada pela ONU para dividir os territórios de Líbano e Israel. Os participantes jogaram pedras contra os militares israelenses e cantavam, em coro, "por nossa alma, por nosso sangue, nos sacrificaremos por ti, Palestina".

A emissora New Tv mostrou imagens dos feridos sendo levados de ambulância e de manifestantes pisoteando e queimando uma bandeira israelense, enquanto outros faziam o sinal de vitória.

Os manifestantes chegaram a Maroun al-Ras em dezenas de ônibus que traziam o nome dos povoados e cidades que os palestinos tiveram de abandonar por causa da criação de Israel./ Revista época

Relacionados

news 4806708270726131423

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta!

Videos

Davi Sacer - Venha o Teu Reino (Clipe Oficial)

item