igoospel

Vereadora é acusada de chamar Ivete Sangalo de drogada

A vereadora Tia Eron (DEM), que é ligada à Igreja Universal, se disse surpresa com a moção de repúdio apresentada na Assembleia Legislativa,...

A vereadora Tia Eron (DEM), que é ligada à Igreja Universal, se disse surpresa com a moção de repúdio apresentada na Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (31), pelo deputado Leur Lomanto Jr. (PMDB), em que é acusada de chamar a cantora Ivete Sangalo de “dependente química”, conforme divulgação feita pela própria assessoria do parlamentar. De acordo com a edil, na terça-feira (29), durante uma audiência pública em homenagem ao Mês da Mulher, no Centro Cultural da Câmara, um reverendo da Igreja Presbiteriana da Bahia utilizou a musa do axé como exemplo “para elevar o valor da mulher”. “Ele fez uma referência ao nome de Ivete pelo trabalho dela, como geratriz da ascensão feminina. Eu não posso ser algoz de mulher, pois trabalho com mulheres nesta Casa há 12 anos. Ele colocou uma moção sem precedente”, criticou, em entrevista ao Bahia Notícias. Segundo Eron, o peemedebista, inclusive, já “declinou” da medida. ”A assessora dele até me ligou para pedir desculpas”, revelou.

Leur nega - Apesar de a vereadora Tia Eron (DEM) afirmar que o deputado Leur Lomanto Jr. (PMDB) teria “declinado” de apresentar uma moção de repúdio contra ela, que teria chamado a cantora Ivete Sangalo de “dependente química”, o peemedebista negou a informação ao Bahia Notícias. “Não desisti e já mandei dar entrada. Ela não pode falar de um dos ícones mundiais da Bahia e da axé music dessa forma. Achei uma total falta de cortesia. Disseram que isso está gravado. Só vou retirar se ficar provado que não foi verdade”, esclareceu. O parlamentar revelou que conversou com o colega de Legislativo Paulo Azi, que é membro da executiva nacional do DEM, e ele já está a par da situação. “Ele está avaliando. Isso é caso de expulsão do partido”, condenou.
Fiel confirma - Um dos 20 participantes do polêmico encontro da Igreja Presbiteriana confirmou ao Bahia Notícias que ouviu a vereadora Tia Eron (DEM) chamar a cantora Ivete Sangalo de “dependente química”. O rapaz, que pediu anonimato, disse que a edil citou a artista como “exemplo a não ser seguido pelos jovens”. “A nossa juventude não tem mais referências hoje. Ivete Sangalo é bonita, inteligente, mas é dependente química. As mulheres do BBB, também, têm corpos esculturais, mas não têm nada na cabeça”, teria dito Eron, que, segundo o jovem fiel, mentiu. A assessoria da cantora ficou estupefata com a repercussão do incidente, mas disse que “Ivete não se pronunciará sobre o assunto” ./(Evilásio Júnior / João Gabriel Galdea)bahianoticias

Relacionados

polêmicos 6763868577499537948

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta!

Videos

Davi Sacer - Venha o Teu Reino (Clipe Oficial)

item