igoospel

Frei é preso em flagrante ao sair com adolescente de 16 anos em motel no MT

O frei Erivan Messias, da Igreja Nossa Senhora de Guadalupe, de Cuiabá, foi preso no começo da noite de segunda-feira, saindo de um motel na...

O frei Erivan Messias, da Igreja Nossa Senhora de Guadalupe, de Cuiabá, foi preso no começo da noite de segunda-feira, saindo de um motel na cidade de Várzea Grande. Ele estava acompanhado de uma menor de 16 anos. A prisão em flagrante foi feita pela delegada Juliana Palhares, da Delegacia da Mulher. A policial graduada evitou dar maiores detalhes sobre a prisão.

A delegada confirmou que o frei já vinha sendo investigado há meses por outras incursões ao mesmo motel, acompanhado de outras menores. “Ele já estava na mira da Polícia há algum tempo” – informou. O religioso foi levado para a Delegacia, onde se encontra preso.

O frei Erivan Messias é considerado um religioso ativo na congregação. No ano passado, organizou a 8ª Caminhada pela Paz, nas comemorações da Semana Franciscana . O evento teve cerca de 20 mil pessoas. Ele atuava fundamentalmente com a juventude.
De acordo com a delegada, o religioso tinha um relacionamento próximo com a família da adolescente. "A família está em choque, porque eles frequentavam a paróquia e mantinham uma certa amizade com o frei. Eu entendo que essa proximidade é suficiente para viciar o consentimento da menor, por isso ela é considerada vulnerável, não tem condições de impedir o abuso" - afirmou a delegada.

A prisão do frei aconteceu no mesmo dia em que a delegada titular Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, Mara Rubia Carvalho, apresentou um balanço sobre violência sexual contra menores no ano de 2010. Foram, ao todo, 247 inquéritos para apurar crimes sexuais, tais como exploração sexual, favorecimento a prostituição, corrupção de menores e estupro de vulnerável contra crianças e adolescentes e 135 verificações preliminares - procedimento utilizado para averiguação de denúncias graves, desprovidas de maiores informações, antes da abertura do inquérito.

O sacerdote foi encaminhado para Polinter, onde permanece detido. "Estupro de vunerável é a capitulação legal para este crime que ele cometeu. A pena é de reclusão de oito a 15 anos" - afirmou a delegada Palhares.

A adolescente foi encaminhada para a delegacia onde prestou depoimento, acompanhada da mãe. Em seguida, ela foi submetida a exames no IML./24news

Relacionados

polícia 2308671762371214846

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta!

Videos

Davi Sacer - Venha o Teu Reino (Clipe Oficial)

item