igoospel

Padre "candidato" a Nobel da Paz admitiu abuso sexual de menor

Houtart, de 85 anos, reconheceu os abusos ao diário Le Soir, depois de uma denúncia anónima à comissão que trata dos casos de abuso sexual d...

Houtart, de 85 anos, reconheceu os abusos ao diário Le Soir, depois de uma denúncia anónima à comissão que trata dos casos de abuso sexual de menores pela Igreja belga.

A denúncia não referia nomes mas sustentava que um sacerdote da região de Lige teria violado um rapaz em duas ocasiões, nos anos 1970.

Segundo o Le Soir, a denunciante é prima de Houtart e irmã da vítima, que à altura dos factos tinha oito anos de idade.

Em declarações ao jornal, Houtart admitiu ter "tocado as partes íntimas" do menor em duas ocasiões e qualificou esse comportamento como "irrefletido e irresponsável".

O sacerdote afirmou também que na altura propôs aos pais da vítima renunciar ao sacerdócio e assumir as consequências dos seus atos, mas que eles lhe pediram que consultasse antes um professor do seminário de Lige, o qual o terá aconselhado a permanecer na Igreja e se concentrasse nos estudos de sociologia das religiões.
Nas declarações ao jornal, Houtart pediu a suspensão da campanha de promoção da sua candidatura a Nobel da Paz 2011 e disse ter-se demitido das suas funções na organização não-governamental "Centro Tricontinental", da qual foi fundador.

Impulsionador da Teologia da Libertação e conhecido em alguns círculos como o "papa do altermundialismo", Houtart foi professor de sociologia na Universidade Católica de Lovaina entre 1958 e 1990 e um dos impulsionadores do Fórum Social Mundial de Porto Alegre. /SIC

Relacionados

padres 7280940124517508831

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta!

Videos

Davi Sacer - Venha o Teu Reino (Clipe Oficial)

item