igoospel

Motor a diesel, mais potente e econômico

Com um novo motor 4.4 V turbodiesel, que substituirá o antigo propulsor 3.6 V, a linha 2011 do Range Rover está mais potente e econômica. Se...

Com um novo motor 4.4 V turbodiesel, que substituirá o antigo propulsor 3.6 V, a linha 2011 do Range Rover está mais potente e econômica. Segundo informações da Land Rover, o novo propulsor é 15% mais potente do que seu antecessor e produz 312 cv, além de um torque máximo de 71,38 mkgf.

O novo motor faz com que o carro acelere de 0 a 100 km/h em 7,6 segundos e atinja a velocidade final de 208 km/h. Também consome até 18,5% a menos do que a versão anterior.

O valor do lançamento divulgado para as revendedoras alemães será três mil euros mais caro do que o modelo vendido atualmente, que pode ser comprado na Alemanha por 88.900 euros, o equivalente a mais de R$ 195 mil, sem taxas de importação e impostos brasileiros.
De acordo com a marca, o motor tem 4.4 litros e transmissão automática de até oito velocidades. Os comandos tipo borboleta foram substituídos por um botão giratório e na carroceria mudam os para-choques dianteiros, grade frontal, saias laterais e escapamento.

A nova linha ganhou também duas opções de cores: branco e azul. A cabine traz três opções de cores e as rodas são de liga leve de 20 polegadas. A novidade começa a ser vendida no Reino Unido em setembro.
Novo câmbio

O câmbio conta com opção de trocas sequenciais por meio de borboletas no volante. A diferença mais notável no painel do Range Rover 2011 turbodiesel é justamente a ausência de alavanca de transmissão, substituída por um comando rotativo com as posições Park, Reverse, Neutral, Drive ou Sport.

Este comando fica "embutido" no console central quando o carro se encontra desligado, como no Jaguar XF (ambas as marcas foram adquiridas pela indiana Tata). O V8 5.0 Supercharged de 510 cv é mantido como versão top de linha, mas o motor continua associado a antiga caixa de seis marchas.

Desempenho e consumo

Além de influenciar nos índices de desempenho, a nova transmissão de oito velocidades também influencia no consumo, o que ajuda o sistema que desengata 70% da força de transmissão quando o carro está parado no trânsito em Drive.

Em tempos frios, o câmbio seleciona uma marcha mais baixa para promover um aquecimento mais rápido do propulsor, que passa a trabalhar em sua temperatura ideal mais rapidamente.

O Range Rover TDV8 4.4 conta com os mesmos freios do V8 5.0 Supercharged se vale de um sistema de discos ventilados nas quatro rodas, com discos de 380 mm na dianteira e 365 mm na traseira.

Ajuda nas subidas

O novo sistema eletrônico oferece um mecanismo de auxílio em subidas, que impede que o modelo recue aclives, além de outro dispositivo que controla o nível de acelerações em pisos muito inclinados./ odiario.com

Relacionados

news 5734901103331995841

Postar um comentário

  1. pessoal. para quem quiser saber mais sobre motores, grupos geradores e outros equipamentos nesta área. indico o site que é referência em venda destes produtos.
    www.agram.com.br
    fica a dica.

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Curta!

Videos

Davi Sacer - Venha o Teu Reino (Clipe Oficial)

item