igoospel

EUA anunciam ampliação de sanções contra o Irã

Os Estados Unidos anunciaram nesta quarta-feira a ampliação das sanções contra o Irã para pressionar o governo de Teerã a interromper seu pr...

Os Estados Unidos anunciaram nesta quarta-feira a ampliação das sanções contra o Irã para pressionar o governo de Teerã a interromper seu programa nuclear.

"Nós estamos acrescentando à nossa lista de entidades sob sanção um número de instituições e indivíduos que estão ajudando o Irã a financiar seu programa nuclear e de mísseis e a evitar sanções internacionais", disse o secretário americano do Tesouro, Timothy Geithner, ao anunciar as novas medidas.

"Nossas ações de hoje têm o propósito de dissuadir outros governos e instituições financeiras internacionais a lidar com essas entidades e dessa maneira apoiar as atividades ilícitas do Irã", afirmou Geithner.

Segundo o secretário, este é o primeiro passo dos Estados Unidos após a aprovação de uma quarta rodada de sanções contra o Irã pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas, na semana passada.

"Nós esperamos ver ações adicionais anunciadas por outros governos em breve", disse Geithner.

A resolução na ONU foi aprovada com o apoio de 12 dos 15 membros do Conselho de Segurança.

O Brasil e a Turquia, que têm vagas rotativas, sem direito a veto, votaram contra. O Líbano se absteve.
Medidas

O governo americano anunciou nesta quarta-feira a inclusão de novas pessoas e empresas na lista dos que apoiam atividades de proliferação nuclear no Irã.

As sanções proíbem cidadãos americanos de manter transações com as instituições e pessoas listadas e determina que todos os bens dessas instituições sob jurisdição dos Estados Unidos sejam congelados.

Entre os novos nomes está o do ministro da Defesa do Irã, Ahmad Vahidi, e o do banco iraniano Post Bank.

A lista inclui ainda novas companhias e navios, além da Força Aérea e do Comando de Mísseis da Guarda Revolucionária do Irã.

As sanções também vão afetar outras 22 empresas de petróleo, energia ou seguros que pertencem ou são controladas pelo governo iraniano.

Pressão

"Nas próximas semanas, vamos continuar a aumentar a pressão financeira sobre o Irã", disse Geithner.

Os Estados Unidos e outros países temem que o Irã planeje desenvolver armas nucleares e exigem que o governo iraniano interrompa seu processo de enriquecimento de urânio e responda às dúvidas sobre seu programa.

O Irã nega as alegações e afirma que seu programa é pacífico. A rodada de sanções aprovada pela ONU na semana passada foi a quarta contra o país.

Até agora, porém, Teerã tem se recusado a interromper seu programa nuclear./ MSN

Relacionados

news 8383785544237286383

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta!

Videos

Davi Sacer - Venha o Teu Reino (Clipe Oficial)

item