igoospel

Argentina faz 4 a 1 na Coreia do Sul

Na estreia, ele foi massacrado - e não sem motivo, diante do caminhão de gols perdidos contra a Nigéria. Cinco dias depois, veio a redenção ...

Na estreia, ele foi massacrado - e não sem motivo, diante do caminhão de gols perdidos contra a Nigéria. Cinco dias depois, veio a redenção para Gonzalo Higuaín. O atacante argentino empurrou a bola para a rede três vezes, assumiu a artilharia da Copa e, de vilão na primeira rodada, passou a herói ovacionado pela torcida na goleada desta quinta-feira sobre a Coreia do Sul. A vitória por 4 a 1 mostrou o que os hermanos têm de melhor - o poder da bola aérea - e de pior - a fragilidade da defesa. De quebra, deixou os comandados de Maradona praticamente classificados para a segunda fase.

Após a bronca do técnico pelas chances perdidas na estreia, o ataque argentino acordou. Mas quem abriu caminho para o triunfo nesta quinta foi o gol contra do sul-coreano Chu-Young, aos 17 minutos do primeiro tempo. Higuaín ampliou de cabeça, e Chung-Young diminuiu antes do intervalo, aproveitando falha de Demichelis. O camisa 9 completou o serviço aos 31 e aos 35 do segundo tempo. Saiu aplaudido pelos 82.174 torcedores em Joanesburgo e, em vez de bronca, ganhou um abraço afetuoso de Don Diego. Novamente de terno à beira do campo, o treinador ainda viu boas atuações de Tevez, Messi, Di Maria e Agüero.

Com chuveirinho e Higuaín redimido, Argentina faz 4 a 1 na Coreia do Sul
Atacante marca três vezes em jogo que confirma o poder da bola aérea dos hermanos; falha de Demichelis e lesão de Samuel ligam o alerta na defesa

Na estreia, ele foi massacrado - e não sem motivo, diante do caminhão de gols perdidos contra a Nigéria. Cinco dias depois, veio a redenção para Gonzalo Higuaín. O atacante argentino empurrou a bola para a rede três vezes, assumiu a artilharia da Copa e, de vilão na primeira rodada, passou a herói ovacionado pela torcida na goleada desta quinta-feira sobre a Coreia do Sul. A vitória por 4 a 1 mostrou o que os hermanos têm de melhor - o poder da bola aérea - e de pior - a fragilidade da defesa. De quebra, deixou os comandados de Maradona praticamente classificados para a segunda fase.

Após a bronca do técnico pelas chances perdidas na estreia, o ataque argentino acordou. Mas quem abriu caminho para o triunfo nesta quinta foi o gol contra do sul-coreano Chu-Young, aos 17 minutos do primeiro tempo. Higuaín ampliou de cabeça, e Chung-Young diminuiu antes do intervalo, aproveitando falha de Demichelis. O camisa 9 completou o serviço aos 31 e aos 35 do segundo tempo. Saiu aplaudido pelos 82.174 torcedores em Joanesburgo e, em vez de bronca, ganhou um abraço afetuoso de Don Diego. Novamente de terno à beira do campo, o treinador ainda viu boas atuações de Tevez, Messi, Di Maria e Agüero.


Um empate entre Grécia e Nigéria, às 11h, é o suficiente para garantir a classificação matemática para as oitavas de final. Os hermanos voltam a campo no dia 22, para encerrar a primeira fase diante da Grécia./ Globo Esporte /iGoospel

Relacionados

news 5178054010792121051

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta!

Videos

Davi Sacer - Venha o Teu Reino (Clipe Oficial)

item