igoospel

Chegou a vez da Igreja belga a ser atingida pelo escândalo da pedofilia

Depois da Irlanda, Alemanha, Estados Unidos e Áustria, chegou a vez da Igreja belga ser abalada pelo escândalo da pedofilia vindo a público ...

Depois da Irlanda, Alemanha, Estados Unidos e Áustria, chegou a vez da Igreja belga ser abalada pelo escândalo da pedofilia vindo a público pedir desculpas pelas "agressões" e pelo "silêncio".

Os bispos belgas quebraram o silêncio e pediram desculpa às vítimas dos padres pedófilos "tanto pela agressão" quer pelo silêncio dos responsáveis da Igreja. Fizeram-no através de uma carta escrita à comunidade católica da Bélgica.

"A todas as vítimas de abusos sexuais nós pedimos perdão, tanto pela agressão como pelo tratamento inadequado destas", pode ler-se na carta pastoral escrita pelos Bispos e dirigida aos fiéis na sequência da sua recente visita a Roma.

"O que deve prevalecer sobre qualquer outra consideração é a segurança e protecção das crianças. Sobre este ponto não tem que transigir", acrescentam.

Após os escândalos que abalaram a Irlanda, a Alemanha, os Estados Unidos e a Áustria, a Bélgica viu-se atingida pelo escândalo que abala a Igreja Católica no mundo. O Bispo de Bruges foi forçado a demitir-se após reconhecer haver abusado durante longo tempo de um menor nos anos de 80.

Após o conhecimento público desta questão e da apresentação de mais de 300 queixas junto de uma comissão independente encarregue de investigar os abusos na Igreja, o novo Cardeal primaz da Bélgica prometeu uma política de tolerância zero.
"Reconhecemos que os responsáveis da Igreja não avaliaram suficientemente o drama do abuso sexual de menores e a extensão das suas sequelas", lê-se na nota pastoral tornada pública.

"Por isso o silêncio é a reputação da instituição eclesiástica e dos seus ministros que prevalece em comparação com a dignidade das vítimas crianças. Alguns agressores tenham recebido uma nova chance, enquanto as vítimas foram feridas na sua carne que não cicatrizam ou quase nada", reconhecem.

Prometem medidas concretas com critérios mais severos na selecção dos padres, um "acompanhamento mais eficaz para todo o agente pastoral" e a criação de "um código deontológico" dirigido aqueles que estão em contacto com crianças, adolescentes ou pessoas fragilizadas.

Terminam assumindo que a Igreja belga deve "realizar um exame de consciência" para avaliar a forma como os seus membros exercem a sua autoridade que nos tempos que correm "pode conduzir a abusos de poder sobre menores"./RTP /iGoospel

Relacionados

pedofilia 2522764101154075178

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta!

Videos

Davi Sacer - Venha o Teu Reino (Clipe Oficial)

item