igoospel

Ahmadinejad diz que sanções da ONU não 'valem um centavo'

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, voltou a desafiar a comunidade internacional ao dizer que as eventuais resoluções da ONU contra o ...

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, voltou a desafiar a comunidade internacional ao dizer que as eventuais resoluções da ONU contra o programa nuclear do seu país "não valerão um centavo e que Teerã não cederá às pressões". As declarações foram feitas, nesta quarta-feira, durante um discurso na cidade iraniana de Yasouj, no momento em que potências ocidentais discutem novas sanções à República Islâmica.

Os Estados Unidos e seus aliados suspeitam que o Irã esteja desenvolvendo armas atômicas secretamente. Mas, Teerã alega que o enriquecimento de urânio é para fins civis.

O discurso ameaçador de Ahmadinejad era claramente direcionado às potências ocidentais, que querem aprovar sanções contra o país no Conselho de Segurança da ONU. "Vocês devem saber que suas resoluções não valem um centavo", disse ele. "Se vocês acham que fazendo confusão e propaganda podem nos forçar a recuar, estão errados. A nação iraniana não irá recuar nem uma polegada da sua posição", acrescentou.
Sanções - Os Estados Unidos propõem uma quarta rodada de sanções da ONU ao Irã, com impacto econômico, como restrições a bancos e empresas de navegação.

Turquia e Brasil, membros não-permanentes do Conselho de Segurança, são contra as novas sanções e tentam retomar uma negociação para o intercâmbio de material nuclear, o que reduziria o risco de Teerã enriquecer urânio para fins militares.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva visita o Irã no próximo dia 16. A chancelaria iraniana disse terça-feira que o premiê turco, Tayyip Erdogan, também deve estar em Teerã no mesmo dia que Lula.

O governo Obama acusa Teerã de tentar ganhar tempo ao aceitar a oferta brasileira de mediação e que Washington manterá seu empenho por novas sanções.

Tropas - No discurso desta quarta-feira, Ahmadinejad afirmou ainda que a "dominação maléfica e satânica" dos Estados Unidos sobre o mundo em breve desaparecerá. Ele pediu que as tropas americanas deixem o Oriente Médio ou "vão receber um tapa na cara".

O ministro da Defesa do Irã, Ahmad Vahidi, disse à agência de notícias Fars que os Estados Unidos correm o risco de enfrentar isolamento sobre sua presença militar na região.

Os governo americano e israelense não descartam uma ação militar contra Irã por causa do programa nuclear do país. Teerã ameaça retaliar, em caso de ataque./ Veja Abril

Relacionados

news 4868827661187515015

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta!

Videos

Davi Sacer - Venha o Teu Reino (Clipe Oficial)

item