igoospel

Sespa faz balanço sobre vacinação contra H1N1

 Publicado em 22 de abril 2010 A coordenadora de Vigilância à Saúde da Sespa, Ana Helfer, dará na tarde desta quinta-feira (22), às 15h, um...

 Publicado em 22 de abril 2010
A coordenadora de Vigilância à Saúde da Sespa, Ana Helfer, dará na tarde desta quinta-feira (22), às 15h, uma entrevista coletiva sobre a Campanha de Vacinação do Idoso, que começa neste sábado (24). Ela também vai adiantar um balanço da vacinação contra H1N1 no Estado.

A vacina contra a gripe A (H1N1) para adultos com idade entre 20 e 29 anos, crianças com idade entre seis meses e dois anos de idade e doentes crônicos encerra amanhã. No sábado, dia 24, já inicia a vacinação para pessoas com mais de 60 anos juntamente com a Campanha Nacional de Vacinação do Idoso contra a gripe comum. Segundo o boletim da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), divulgado ontem, o número de mortes pela gripe A em 2010 já chega a 29.

Os idosos que tiverem doenças crônicas receberão, além da vacina contra a gripe comum, no outro braço, uma dose de vacina contra a gripe A. “Assim, os idosos só vão precisar ir aos postos de vacinação uma única vez. São duas vacinas em uma só data”, explicou a coordenadora de vacinação da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), Carlene Castro. Segundo ela, todos os idosos devem se vacinar contra a gripe comum, mas apenas os portadores de doenças crônicas devem se vacinar também contra a gripe A.

DOSES

Problemas na entrega das doses de vacina contra a gripe comum, produzida pelo Instituto Butantan, de São Paulo, obrigaram o Ministério da Saúde a alterar o calendário da Campanha Nacional de Vacinação do Idoso em algumas regiões. Apenas no Sul e Norte, é que está mantida a data de 24 de abril a 7 de maio. Em Belém, a meta da Sesma é vacinar 116 mil idosos contra a gripe comum e 51 mil contra a gripe A. Para atingir esse objetivo, a campanha de vacinação para esse grupo será realizada em vários lugares como shoppings, praças e até igrejas.

Para os idosos que moram em asilos ou estão acamados em suas casas por alguma deficiência, a Sesma levará a vacina, através de postos volantes que irão até esses locais. A coordenadora de vacinação ressaltou que os familiares que tiverem dificuldade de levar o idoso até a unidade de saúde para se vacinar, pode entrar em contato com a secretaria. Carlene disse ainda que as doses da vacina para essa nova etapa da campanha já estão prontas para serem distribuídas às unidades de saúde.

Os postos dos bairros do Jurunas e Cremação já atingiram a meta da campanha, vacinando mais de 100% dos grupos prioritários. Por esse motivo, nestes postos a vacina está em falta. “Esses postos foram muito procurados e vacinaram até mais do que a meta estipulada. Recomendamos que quem ainda não se vacinou, procure se vacinar nas unidades próximas de sua residência”, disse Carlene.

Segundo ela, assim como existem unidades onde a vacina já está no fim, há outras que tem um grande estoque. Mesmo assim, ela garantiu que quando as doses terminam, são repostas no dia seguinte.

Até agora cerca de 70% das pessoas que fazem parte dos grupos prioritários já foram imunizados em Belém. O único grupo prioritário que já alcançou a meta de 100% foi o de profissionais de saúde. As grávidas e portadores de doenças crônicas continuam com um percentual baixo de 60% e 45% respectivamente. (Diário Online e Diário do Pará)

Relacionados

Saúde 683003345114382300

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta!

Videos

Davi Sacer - Venha o Teu Reino (Clipe Oficial)

item