igoospel

Ícone 'gay' foi vítima de padre pedófilo

 Publicado em 19 de abril 2010 Grande defensor dos direitos dos homossexuais em Itália há mais de 20 anos, Francesco Zanardi veio agora den...

 Publicado em 19 de abril 2010
Grande defensor dos direitos dos homossexuais em Itália há mais de 20 anos, Francesco Zanardi veio agora denunciar ter sido vítima de abusos sexuais por parte de padres pedófilos quando era aluno interno de um colégio religioso em Savona. Em plena polémica sobre pedofilia na Igreja Católica, este homem de 39 anos decidiu agora vir a público garantir ser uma das vítimas dos abusos alegadamente cometidos em 1983 pelo director daquela instituição para crianças problemáticas.

A polícia de Savona, no Norte de Itália, iniciou uma investigação para apurar responsabilidades sobre os abusos sexuais. O arcebispo Vittorio Lupi já suspendeu entretanto o padre suspeito de pedofilia, obedecendo às ordens da hierarquia da Igreja Católica. A revelação do escândalo de pedofilia por parte de padres obrigou não só as autoridades da região de Ligúria a abrir um inquérito como também a revelar os nomes dos sacerdotes que encobriram os casos apesar de terem conhecimento deles.

Além de revelar mais um escândalo de pedofilia, a denúncia de Zanardi representa um duplo desafio para o Vaticano. De facto, o defensor dos direitos dos homossexuais já em 2002 protagonizara uma greve de fome para forçar as autoridades de Savona a reconhecerem o seu casamento com o companheiro. Em vão.

Zanardi confessou ter sido interrogado pela polícia e ter revelado como foi vítima de abusos sexuais quando criança. "Não fui o único a ser violentado por sacerdotes. Aquele padre e vários outros abusavam de mim e dos meus companheiros. Isto prolongou-se durante anos e anos. Mas ninguém queria acreditar no que nós dizíamos", revela Zanardi. E acrescenta: "Agora recebemos mais atenção porque somos muitos a fazer as denúncias. E os culpados sentem-se ameaçados. Além disso, já desde 2009 que este padre não exerce a função sacerdotal, estando já em curso um processo para o seu afastamento do clero. Uma decisão que a Igreja assume somente em casos muito graves."

Nas últimas semanas, multiplicaram-se os casos de denúncias de abusos praticados por padres pedófilos. Depois dos Estados Unidos e da Irlanda, surgiram escândalos de pedofilia em países europeus como a Alemanha, Áustria e Suíça, mas também tem havido denúncias no México e no Brasil (o país com mais católicos do mundo - mais de 130 milhões). O escândalo atingiu a cúpula da Igreja, com o Papa a ser suspeito de ter ocultado os casos de abusos de que terá tido conhecimento. Bento XVI já enviou entretanto uma carta a pedir desculpas às vítimas irlandesas de padres pedófilos, mas tem evitado abordar o assunto em público.

Já em Savona, a investigação continua, com as autoridades a ouvirem várias testemunhas, inclusive o secretário económico daquela região. "É uma situação com zonas de sombra no que diz respeito à pedofilia", afirma Zanardi, que durante 12 anos foi técnico informático da diocese de Savona.
Fonte: dn sapo

Relacionados

padres 5352815497718099381

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta!

Videos

Davi Sacer - Venha o Teu Reino (Clipe Oficial)

item