igoospel

Governo do Rio quer pacificar 17 favelas da Tijuca

 Publicado em 27 de abril 2010 Rio - O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho (PMDB), prometeu hoje ocupar todas as 17 favelas d...

 Publicado em 27 de abril 2010
Rio - O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho (PMDB), prometeu hoje ocupar todas as 17 favelas da Tijuca, na zona norte da cidade, neste ano. "Setecentos policiais formados estão disponíveis. Todas as comunidades da Tijuca e outras áreas serão pacificadas até o final deste ano", declarou governador. Segundo ele, 15% dos moradores das favelas da cidade estão em comunidades policiadas pela UPP.

A ocupação do Morro do Borel, na Tijuca, marca a chegada da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) a uma favela considerada o quartel-general de um dos chefes do Comando Vermelho. Preso em janeiro de 1990, Isaías Costa Rodrigues, o Isaías do Borel, de 47 anos, foi um dos traficantes mais procurados pela polícia nos anos 80 e, de acordo com a Polícia Civil, ainda dava ordens na favela, mesmo encarcerado no Presídio de Segurança Máxima de Catanduvas, no Paraná. Em novembro de 2009, escutas telefônicas revelaram que familiares de Isaías repassavam as ordens dele.

Pela primeira vez, uma tropa da UPP ocupará favelas controladas por facções criminosas diferentes. O Morro do Borel e o da Formiga são dominados pelo Comando Vermelho, mas os morros vizinhos, o da Casa Branca e o do Cruz, que também serão ocupados, o tráfico é controlado pela quadrilha Amigos dos Amigos (ADA). Moradores confirmam que a fronteira imaginária imposta pelos traficantes impede as crianças do Borel de frequentar a única quadra esportiva disponível, situada no Casa Branca.

Além dos morros rivais, as tropas devem ocupar as favelas da Caixa d'água, Bananal e Indiana. Em toda a região vivem cerca de 10 mil pessoas, de acordo com o censo do IBGE de 2000. ABRIL

Relacionados

Rio de Janeiro 234596033870731846

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta!

Videos

Davi Sacer - Venha o Teu Reino (Clipe Oficial)

item