igoospel

Discriminação e perseguição religiosa contra católicos em Marrocos

 Publicado em 29 de março 2010 Cristãos estrangeiros que trabalhavam em Marruecos foram expulsos pelas autoridades. Estes apenas os mais re...

 Publicado em 29 de março 2010
Cristãos estrangeiros que trabalhavam em Marruecos foram expulsos pelas autoridades. Estes apenas os mais recentes: entre os 20 deportados, 16 são trabalhadores que cuidavam de crianças abandonadas e órfãos.Um religioso franciscano, de nacionalidade egípcia, encontra-se entre as dezenas de cristãos expulsos de Marrocos neste mês de Março. O arcebispo de Tânger, Monsenhor Santiago Agrelo, também franciscano, pediu explicações através dos canais adequados: Nunciatura Apostólica, Arcebispo de Rabat e ao Presidente da Federação Franciscana em Marrocos.
«Nunca esta diocese de Tânger conheceu expulsões de ninguém por motivos religiosos», afirmou monsenhor Agrelo.

O arcebispo crê que na sua diocese haja entre 2.000 e 2.500 católicos, entre os mais de quatro milhões de habitantes que aí residem.

A detenção e expulsão do jovem religioso franciscano egípcio é apenas uma das muitas dezenas de cristãos evangélicos expulsos de Marrocos durante o corrente mês de Março. Segundo a agência oficial marroquina Maghreb Árabe Press é apenas um marco na “luta que as autoridades marroquinass levam a cabo contra as tentativas de propagação do credo evangelista, destinado a abalar a fé dos muçulmanos”.

Monsenhor Santiago Agrelo, em entrevista recente ao canal diocesano de televisão de Málaga, afirmava que em Marrocos têm «liberdade de culto e certa liberdade de acção social», mas que «não há liberdade de sensibilização nem liberdade religiosa».
Fonte: infocatolica

Relacionados

news 4818570696322558089

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta!

Videos

Davi Sacer - Venha o Teu Reino (Clipe Oficial)

item