igoospel

Servidor público ferido no pé por bala perdida

 Publicado em 27 de outubro 2009 Um funcionário público foi vítima de bala perdida, na noite de ontem, em Samambaia. O caso aconteceu às 2...

 Publicado em 27 de outubro 2009

Um funcionário público foi vítima de bala perdida, na noite de ontem, em Samambaia. O caso aconteceu às 22h, na Quadra 405, Conjunto 21 da região. Luiz Carlos Ribeiro de Carvalho, 48 anos, estava chegando na igreja, onde frequenta o culto todos os domingos, quando foi alvejado no pé por um disparo de arma de fogo. Ele foi socorrido pelos amigos e foi levado para o Hospital Regional de Samambaia (HRSam) e depois removido de ambulância para o Hospital Regional de Taguatinga (HRT) onde deve ficar internado cerca de três dias tomando remédios para poder ser operado. Segundo os médicos, a vítima não ficará com sequelas porque a bala não chegou a atravessar nenhum osso.


A filha do funcionário público contou que o pai foi assistir ao culto, que terminou às 21h30, e depois ele teria ido com um amigo deixar duas irmãs da igreja nas suas casas em uma quadra vizinha.

“Depois de deixá-las em casa, ele retornou à igreja para deixar o amigo que tinha ido lhe fazer companhia. Quando chegaram no local, ele estacionou o carro e desceu, foi quando acabou atingido”, relata a filha. Ela conta que o pai chegou no local quando estava ocorrendo um tiroteio entre um grupo de rapazes e que seu pai e o amigo chegaram a se esconder, abaixando-se atrás do veículo. “Eles ouviram os disparos e se esconderam, mas uma bala acabou passando por debaixo do carro e atingiu o pé do meu pai”, completa a jovem.


Minutos após o ocorrido, agentes da Policia Militar foram acionados por populares. Chegando ao local, os policiais realizaram uma ronda atrás do grupo que teria praticado o crime. Eles acabaram encontrando um adolescente de 17 anos que portava um revólver calibre 38. A polícia acredita que ele estava envolvido no tiroteio. O menor apreendido e mais três rapazes foram levados pelos policiais até o hospital em que Luiz Carlos está internado para que fosse feito o reconhecimento dos autores, mas como a vítima não chegou a ver o grupo responsável pelo tiro, ninguém foi reconhecido. O adolescente de 17 anos foi conduzido para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA II) onde irá responder por porte ilegal de arma de fogo. A polícia está investigando se o menor tem relação com o tiroteio.


Moradores da região reclamam da falta de policiamento das Quadras 405 e 407. Segundo populares, é raro ver viaturas e policiais realizando ronda no local. Eles contam que é perigoso andar nas ruas porque acontecem constantes brigas de gangues.

de LUDMILA MENDONÇA
lvaz@jornalcoletivo.com.br
 Redação Jornal Coletivo

Relacionados

news 2159498399266992642

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta!

Videos

Davi Sacer - Venha o Teu Reino (Clipe Oficial)

item